MAIS INFORMAÇÕES
(67) 3326 - 2941 / (67) 3326 - 1499

Aos pais ou responsáveis.

10 de setembro de 2018

Extratos da palestra da Dra. Filó, pediatra em BH.
20/4/2018
Rio só existe porque tem margem.
A criança só será um adulto completo se tiver limites.
Criança tem que ser monitorada.
Mãe tem que ser chata.
Filho só pode ver aquilo que é próprio para a idade dele.
Filho não pode ver aquilo que está além da sua capacidade de compreensão.
Tome a frente das regras da sua casa.
Criança não dorme com celular no quarto. Recolha. Vigie.
Criança tem que dormir com tranquilidade.
Quarto não tem que ter televisão. Quarto é para dormir.
Não compare a casa do outro com a sua.
Na sua casa você tem que cuidar da integridade mental dos seus filhos.
Criança não fica trancada no quarto jogando.
Filho tem que ‘socializar’, tem que ver, estar com pessoas. Corpo a corpo. Olho no olho.
Criança que é rejeitada por outros tem uma tendência a buscar redes sociais. Cuidado. Isso pode causar dependência.
Precisamos ter a coragem de olhar para a vida dos nossos filhos.
As coisas acontecem debaixo dos nossos olhos.
Criança é esperta, mas temos que ser mais ainda. Pai e mãe têm que estar perto.
Criança não tem que ter senha.
Essa tal de privacidade é só quando eles saem de casa, só quando pagam as próprias contas.
O celular do filho não pode ser igual ao do pai.
Tem que haver hierarquia.
Cada mãe conhece o filho que tem. Mãe, no fundo, sabe o que está acontecendo com o filho. Não ignore suas sensações como mãe.
Elas são verdadeiras.
A mãe não erra o diagnóstico. Confie nos seus sentimentos de mãe.
A missão como pais é muito maior do que podemos imaginar.
E não é uma missão fácil.
Mais do que dar coisas, se dêem a seus filhos.
Questione seus filhos. Pergunte! Vigie! Investigue!
Existem muitos e muitos distúrbios psiquiátricos na infância.
O segredo da prevenção é família e amor.
Criança tem que ser amada.
Filho vai tentar se impor. Mas ‘combinados’ e regras devem existir.
Tem que haver respeito.
Tem que haver hierarquia.
Filho tem que desejar!
Tem que querer ganhar alguma coisa!
Tem que esperar ansiosamente pelo presente.
As coisas não são descartáveis.
Coloque na vida do seu filho que somos criadores, que vamos criá-los e que temos sonhos para eles.
Que a vida tem que ter sentido, além do dinheiro, do poder e de todas as possibilidades.
Que a vida os desafiará, mas a vida não encerra.
Cuidado!
O que os filhos trazem para o mundo é o que plantamos neles.
Estimule-os a serem verdadeiros. A verdade abre caminhos.
Converse. Incansavelmente.
Temos que nutrir a confiança.
Olhe para os seus filhos e entenda o que eles precisam.

#repost @Dra.luciananabuth.pediatra

Categorias : Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II, Ensino Médio